TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

COLUNA HORA DA CIDADANIA COM O DELEGADO ERICK LESSA


CARUARU GEME COM A FALTA DE SEGURANÇA!

Na noite do último sábado, no Alto do Moura em Caruaru, o jornalista Alexandre Farias, que apresenta o telejornal noturno local da TV Asa Branca foi atingido por um disparo de arma de fogo. Conforme repassado pela Polícia Militar, assaltantes estavam em um carro roubado, quando houve perseguição policial e troca de tiros. Na fuga os criminosos acabaram por atropelar profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que estavam em uma ocorrência local e uma bala perdida teria atingido o apresentador.

As informações mais recentes dão conta de que o jornalista foi cirurgiado e encontra-se estável, mas com o projétil alojado no crânio e em estado grave, num hospital particular da cidade. Já os socorristas do SAMU foram atendidos no HRA e já receberam alta médica.

A cidade de Caruaru já ultrapassou, em 2017, a lastimável marca de 200 homicídios.
Em 2016, o número de pessoas assassinadas chegou a 229. Para se ter uma ideia da situação que Caruaru se encontra, no primeiro semestre de 2017, foram anotados 154 homicídios, com registros de meses recordes, ou seja, caso repita o primeiro semestre pode ultrapassar 300 homicídios. Cada mês do primeiro semestre registrou um recorde em relação a história de crimes violentos letais intencionais. O mês de maio registrou o impressionante número de 32 pessoas mortas em nossa capital do Agreste, ou seja, mais de um homicídio por dia. Isso é inadmissível.

Alguns podem dizer que só quem morre são pessoas envolvidas na criminalidade, mas isso infelizmente não é verdade, basta analisar os últimos eventos. Um outro fato também ocorrido no último sábado chamou muita atenção, pois um zelador do banheiro público do Parque 18 de maio acabou sendo assassinado, num ato de extrema violência e desvalor pela vida. Um homem estava urinando na rua, a vítima chamou atenção dele, e logo em seguida esse indivíduo pegou uma faca e agrediu mortalmente o zelador.

Caruaru precisa de um gestor(a) que enfrente os problemas e pare de colocar a culpa em outras pessoas ou instituições. O art. 144, da Constituição Federal diz que segurança pública é dever do Estado, mas direito e responsabilidade de todos, ou seja, inclusive do município.

Se assim não fosse, para que existiria a Guarda Municipal? Para que foi criada a Secretaria de Ordem Pública? Por que todos os candidatos a gestor do município incluem em seu plano de governo, a questão da segurança pública? Por que a atual gestora, à época das eleições, candidata, afirmara que trabalharia para reduzir os índices de criminalidade da cidade? Claro que não seria necessário esses mecanismos, se a segurança pública também não fosse de responsabilidade do município. Não dá para enganar o povo dessa maneira, apenas lamentando-se e colocando a culpa no outro.

É fato que o principal responsável pela segurança pública é o governo do Estado, que precisa apresentar medidas emergências e efetivas, em parceria, com o município, para a redução da criminalidade em nossa cidade, entretanto o governo municipal precisa dizer a que veio, em termos de gestão pública, principalmente e prioritariamente nessa área tão sensível, em que nossa população que tanto sente pela completa inabilidade da gestora, e diga-se, que em tempos de campanha, declamava aos quatro cantos, que teria na segurança pública uma de suas maiores prioridades.

Concluo esse texto com a passagem bíblica constante no capítulo 29, versículo 2 do livro de Provérbios, que diz: “quando os justos governam, alegra-se o povo; mas quando o ímpio domina, o povo geme. Não é por acaso, que nossa população geme com a falta de segurança e com índices absurdos de criminalidade, nunca antes registrados.


Fica a reflexão. Esteja atento à próxima edição da coluna Hora da Cidadania, que é divulgada todas as segundas-feiras. Você pode dar sugestão de temas, fazer críticas e elogios através do e-mail: ericklessa04@gmail.com.

GRUPO MOTO ARTE