TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

COLUNA HORA DA CIDADANIA COM O DELEGADO ERICK LESSA



FEIRA DE GADO DE CARUARU: VIOLÊNCIA E DESGOVERNO!

Nos últimos meses, Caruaru tem sido destaque na mídia nacional. O que preocupa é que tais notícias têm sido rotineiramente negativas. Ontem (24) a reportagem foi sobre a tradicionalíssima feira de gado de cidade, local em que há mais de 50 anos ocorre o comércio de gado, mas não só desse animal, também há a negociação de cavalo, bode, porco etc.

Apesar de toda a tradição e regionalização da feira, as notícias que chegam são negativas, em função da violência que tem chegado naquele espaço de negócios do povo do nordeste. São os assaltos que mais amedrontam os comerciantes daquele local, que normalmente realiza suas transações comerciais utilizando dinheiro vivo e por esse motivo e pelo tamanho da importante feira atrai a criminalidade violenta.

A equipe responsável pela matéria jornalística informou que procurou o responsável pela feira, mas ele não quis gravar reportagem, provavelmente em função da queda na rede de negócios da feira, que atualmente circula apenas, segundo a própria prefeitura, 50% do que já foi negociado (algo em torno de 3 mil cabeças, por semana), nos tempos de maior tranquilidade naquele espaço de trabalho para vaqueiros, fazendeiros e comerciantes de carnes da região. Já a polícia militar de Pernambuco, informou que faz operações policiais e realiza policiamento planejado para evitar o acontecimento de crimes na feira.

O assunto mais destacado na reportagem do Globo Rural, que vai ao ar todos os domingos, em rede nacional, foi um latrocínio (quando se mata para roubar) registrado contra um filho do produtor rural Severino Ramos.

Infelizmente para nossa querida cidade e para os comerciantes que atuam na feira de gado do município, o espaço de negócios consolidado na feira de gado de Caruaru, que tem mais de 350 mil habitantes, hoje perde sua capacidade de comercialização de animais e circulação de renda, para cidades menores.

A cidade de Caruaru e seus habitantes não aceitam mais esse desgoverno e esse descrédito que a cidade atravessa, com inúmeras matérias negativas, em nível nacional, com a sua maioria relacionada a violência, necessitando união dos governantes e representantes da cidade, para buscar recursos, entendimento, apoio e convencimento para tornar nossa cidade mais segura e mudar esse desolador quadro, que o município atravessa.


Fica a reflexão. Esteja atento à próxima edição da coluna Hora da Cidadania, que é divulgada todas as segundas-feiras. Você pode dar sugestão de temas, fazer críticas e elogios através do e-mail: ericklessa04@gmail.com.

VIP INFORMÁTICA