AUTO VIP

AUTO VIP

TEFNET

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

AGRESTE CENTRAL PERNAMBUCO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

CASA DO CAMPÔNES

CASA DO CAMPÔNES

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

COLUNA A HORA DA CIDADANIA COM O DELEGADO ERICK LESSA


MULHERES NO MUNDO DO CRIME.

Na última sexta-feira (28) mais uma mulher foi presa em nossa região. Dessa vez, a mulher foi flagrada com quase 4 kg da substância popularmente conhecida como “maconha”, uma balança de precisão, um caderno de anotações com contabilidade do tráfico de drogas e o que mais surpreendeu, 3 “bananas” de dinamite. A alegação da citada foi que ela havia recebido um valor para guardar o material, em sua casa.

Ultimamente, em nossa região, várias mulheres estão sendo presas, de posse de drogas e outros materiais ilícitos, e até por direta participação em assaltos, como no caso recente reportado também aqui no blog de Adielson Galvão, do casal que atuava em Caruaru, praticando roubo com uso de uma motocicleta.

Em tempos, que as próprias telenovelas idolatram personagens da vida real que são envolvidas no tráfico de drogas, cada vez mais pessoas do sexo feminino estão enveredando para o mundo do crime. A maioria das mulheres flagradas envolvidas com o tráfico de drogas, terminam por assumir a “boca de fumo” dos maridos, filhos, ou até dos irmãos.

Importante ressaltar, o caso reportado no início desse texto, no qual a mulher presa portava até material explosivo, em sua residência. Uma coisa é certa, diante de um caso dessa natureza: as autoridades precisam prestar atenção a esse tipo de questão.

A coluna de hoje é acima de tudo uma reflexão pela expressiva quantidade de mulheres, esse ano, envolvidas na criminalidade, em nossa cidade e região, carecendo de um estudo mais aprofundado das causas que levam a esse dado lamentável. E não é só: que nós, como sociedade, possamos cobrar do poder público, que realize estudos sociológicos e observe com mais atenção a realidade feminina.


Fica a reflexão. Esteja atento à próxima edição da coluna Hora da Cidadania e envie sua opinião, crítica ou elogio para o e-mail: ericklessa04@gmail.com.
GRUPO MOTO ARTE