AUTO VIP

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

GBest SPORT

1ª VAQUEJADA PARQUE FERNANDO LUCENA

1ª VAQUEJADA PARQUE FERNANDO LUCENA

segunda-feira, 30 de setembro de 2019

PRESOS PELA POLÍCIA CIVIL DE GRAVATÁ INDIVÍDUOS QUE MATARAM DOIS JOVENS DE CARURU


Polícia Civil prende dois homens suspeitos de cometer duplo homicídios em Gravatá/PE
  

A equipe de Policiais Civis da Delegacia de Gravatá, no Agreste de Pernambuco, na manhã desta terça-feira (24/09), deu cumprimento a dois mandados de prisões expedidos pelo Juiz de Direito da Vara Criminal de Gravatá, em desfavor de José Luís dos Santos Bisneto e João Pedro Severo da Silva, de 19 e 26 anos de idade. Os imputados são suspeitos de um duplo homicídio, ocorrido no dia (21/08), na zona rural de Gravatá.

De acordo com a Polícia Civil, os mesmo estavam sendo investigados, e desde as 09h00 até às 18h00, desta terça, sob a supervisão do Delegado Titular Altemar Mamede, realizaram buscas nas cidades de Chã Grande, Vitória de Santo Antão e no distrito de Bonança (Jaboatão dos Guararapes) para localizar os autores desse duplo homicídio, cujas vítimas foram Alexandre José da Silva Júnior e Genivaldo Pedro da Silva Filho.

O crime na época teve repercussão na região, haja vista que as vítimas eram da cidade de Caruaru, e foram levadas para uma estrada, que dá acesso ao distrito de Avencas, zona rural de Gravatá, onde foram amarradas e executadas com disparos de arma de fogo na cabeça. Logo depois, o veículo das vítimas foi incendiado pelos executores nas proximidades da cidade de Pombos.

Segundo o Delegado Altemar Mamede, o crime teve participação de pelo menos três autores, que o motivo teria sido por conta de uma dívida que a vítima “Alexandre” tinha com um dos autores, o qual acabou envolvendo os outros dois para prática dos homicídios. Os mesmos confessaram as autorias do crime. A polícia judiciária ainda está na captura do terceiro envolvido, mas até o momento não foi localizado. Os presos capturados foram levados a Delegacia da cidade, onde após os procedimentos de praxe, foram encaminhados ao Presídio de Vitória de Santo Antão, onde ficaram a disposição da justiça.