TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

segunda-feira, 26 de junho de 2017

COLUNA A HORA DA CIDADANIA COM O DELEGADO ERICK LESSA

Resultado de imagem para erick lessa

CARUARU ULTRAPASSA A LASTIMÁVEL MARCA DE 150 HOMICÍDIOS, EM 2017.

Após um período sangrento na capital do Agreste, Caruaru ultrapassa a absurda, e nunca antes registrada, marca de 150 homicídios, em menos de 6 meses, apresentando uma projeção para o ano mais violento da história.

Tudo isso foi verificado em meio a uma paralisação dos Guardas Municipais e Agentes de Trânsito da DESTRA, de Caruaru, e também durante os festejos juninos, que ocorrem todos os anos em nossa querida Caruaru, e por conta do evento, o efetivo policial militar no município é incrementado, com a hipoteca de PMs de outros batalhões e localidades, destacando, em nossa cidade.

Nunca houve o registro de tantos crimes de morte, em um período tão curto em nossa cidade, e as autoridades municipais, estaduais e até federais, precisam, com a mais absoluta urgência, tomar providências em conjunto, e de maneira transversal, para que Caruaru não chegue a marca de mais de 300 homicídios no fim do ano (essa é a projeção), o que representaria uma situação de aproximadamente 100 homicídios, por grupo de 100 mil habitantes, colocando nossa princesa do Agreste, entre as cidades mais violentas do mundo.

O número de homicídios aceitável, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas) numa cidade, é de até 10 pessoas assassinadas, por grupo de 100 mil habitantes, algo que é verificado, por exemplo, no maior centro urbano do país – a cidade de São Paulo, que registra 9 homicídios, por grupo de 100 mil habitantes, no ano corrente.

Caruaru conta com um diminuto efetivo de profissionais na Autarquia de Trânsito e Transporte de Caruaru, entre guardas e agentes de trânsito, e além disso, encontram-se, esses servidores, extremamente desmotivados, pois não há sensibilidade do poder público municipal para recebê-los e colocar à mesa uma pauta de negociação e a efetiva discussão sobre o plano de cargos e salários dos funcionários da DESTRA, enquanto que outros servidores como os secretários municipais, tiveram seus salários incrementados em quase 50%, o que demonstra a falta de prioridade para os servidores da Segurança Pública de Caruaru, bem como para os profissionais da Educação e da Saúde, basta anotar que estão com salários extremamente defasados e reivindicando mais valorização por parte da gestão municipal.

Caruaru e seus servidores precisam ser tratados com mais sensibilidade, equilíbrio e prioridade. Nossa cidade encontra-se em um estado de extrema violência, principalmente na quantidade de homicídios, e os profissionais de segurança do município devem ser mais valorizados e motivados, para contribuir na redução da criminalidade.

Fica a reflexão. Fique atento à próxima edição da Hora da Cidadania, que é divulgada todas as segundas-feiras. Você pode dar sugestão de temas, fazer críticas e elogios através do e-mail: ericklessa04@gmail.com.

QUEIJO SANTA GERTRUDES