AUTO VIP

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

LENO PEÇAS

LENO PEÇAS

DAY OFF AGRESTE

DAY OFF AGRESTE

terça-feira, 26 de junho de 2018

DENARC DEFLAGRA OPERAÇÃO PARA PRENDER TRAFICANTES EM CARUARU





A Secretaria de Defesa Social em mais uma ação de segurança dentro do programa PACTO PELA VIDA, deflagrou na manhã desta terça-feira (26) a Operação de Repressão Qualificada (ORQ), denominada OPERAÇÃO JOÃO DE BARRO, supervisionada pela Chefia de Polícia Civil e coordenada pela Diretoria Integrada de Polícia Especializada (DIRESP) e Gerência de Controle Operacional das Especializadas (GCOI-E) da Polícia Civil.

Delegado Diogo Melo Victor, do Denarc, Sérgio Moura, Gerente Operacional do Interior 1, Nelson Souto, Gerente Operacional das Delegacias Especializadas, Claudio Castro, gestor do Denarc, e Márcio Cruz, Denarc Caruaru


A investigação desenvolvida pelo DENARC-PE, com o objetivo de desarticular organização criminosa envolvida com a prática de tráfico de drogas e associação para o tráfico com atuação em Caruaru. Foram cumpridos 15 Mandados de Prisão, 12 de Busca e Apreensão domiciliar. As investigações tiveram início em setembro de 2017 e antes da deflagração da Operação, já haviam sido presas 06 pessoas. Participaram da Operação 120 Policiais entre Delegados, Escrivãs e Agentes.

Com os criminosos foi apreendido um quilo e trezentos e setenta e oito gramas de crack; cento e quinze gramas de pasta base de cocaína; 16 quilos de maconha; duas balanças de precisão; uma espingarda calibre 32; um revólver calibre 38; munições e um caderno usado para fazer as anotações do comércio do entorpecente.



João.
Janete.
"Negão"
Lenilda.
"Caique"
"Lu"
"Aninha"
Erivoneide.
Claudivânia.
Alcione.
"Coroa"
"Val"
"Neguinho"
"Thor"
Rubiele.

Os presos são: João Barbosa de Lima, que atuava como líder da organização criminosa; José Maria Azevedo, vulgo “Negão”; Elenilda Maria da Silva; Carlos Henrique da Silva Araújo, vulgo “Caique” ; Erenilson Correia de Melo, vulgo “Lu”; Maria Rubiella Gomes da Silva, vulgo “Rubiele”; Jheimisson Santos Guimarães, vulgo “Thor”; Luciano Severino da Silva Junior, vulgo “Neguinho”;  Otevaldo José Gomes dos Santos, vulgo “Val”;  Clodoaldo de França Monteiro, vulgo “Coroa”;  Adriana Vicente da Silva Sales, vulgo “Aninha”; Erioneide Vicente da Silva, vulgo “Neide”;  Claudivânia Maria da Silva, vulgo “Gordinha” e Alcione Benvindo dos Santos.

Seis dos criminosos já estavam presos e foram cumpridos os mandados de prisões no sistema penitenciário e os outros foram presos na data de hoje e apenas um dos alvos não foi localizado, Janete Brito Bezerra, que é apontada com a gerente da quadrilha. A justiça expediu as prisões temporárias que terão duração de 30 dias, os homens foram recolhidos a Penitenciária Juiz Plácido de Souza e as mulheres foram levadas para a Colônia Penal Feminina Bom Pastor na região metropolitana do Recife.