TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CENTRAL BURGUER

CENTRAL BURGUER

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

sexta-feira, 2 de junho de 2017

CARUARU: CORPO DE MULHER QUE FOI ARRASTADA PELAS ÁGUAS NA ENCHENTE DO ÚLTIMO SÁBADO, FOI ENCONTRADO PRÓXIMO A PONTE IRMÃ JERÔNIMA








Observe que o corpo foi encontrado a uns 20 metros de onde desemboca o canal do Salgado.
O Corpo da Bombeiros foi acionado na tarde desta sexta-feira (02) para ir até as imediações da Ponte Irmã Jerônima, pois a informação dava conta de que o corpo da mulher, Zeneide Maria Damasceno, de 48 anos, que morava na 2ª Travessa Leão Dourado, no bairro Caiucá, que estava desaparecida desde a noite do último sábado (27) estava num banco de areia preso a uma árvore, a equipe composta por oito militares foi ao local e constatou o fato.

De acordo com o Sub-Tenente Janduy, que comandou a operação de resgate, a vítima se afogou na noite do sábado, quando estava acompanhada de familiares em um veículo e o motorista tentou seguir pela passagem molhada na Rua Ribeirão, no Caiucá, que é cortada pelo Riacho Mocó e havia um grande volume dágua, no meio da travessia um carro que estava na frente parou abruptamente e o carro em que a vítima estava começou a ser arrastado pela correnteza, os demais ocupantes saíram e ela não conseguiu e ficou no veículo que foi arrastado e no dia seguinte o carro foi encontrado no leito do riacho, mas a vítima tinha desaparecido.
Bombeiros Militares que realizaram a operação de resgate: Sub-Tenente Janduy, Cabo Anderson, Cabo Tulio, Cabo Melo Silva, Sargento Adelson e Sargento Laurentino.
O Sub-Tenente ainda falou que desde o desaparecimento da vítima, diversas buscas foram feitas, inclusive o Grupamento do Corpo de Bombeiros de Caruaru está atendendo algumas cidades da Zona da Mata Sul, além de atender as cidades da região Agreste e isso tem sobrecarregado muito o efetivo que tem trabalhado em escalas de 24 por 24 horas, quando no normal a escala é de 24 por 72 horas, mas tudo isso é para não deixar a sociedade sem o atendimento do Corpo de Bombeiros.


O corpo da vítima que ficou preso no troco de uma algaroba, foi encaminhado para o IML do Recife, pelo fato de já está em avançado estado de decomposição.