TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

segunda-feira, 5 de junho de 2017

COLUNA HORA DA CIDADANIA COM O DELEGADO ERICK LESSA

Resultado de imagem para erick lessa

AS INSTITUIÇÕES DEVEM CUMPRIR SEU PAPEL!

O ex-assessor da presidência da República, Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) foi preso no último sábado pela polícia federal, após perder o foro privilegiado e deixar de ser deputado federal, já que é suplente e o titular Osmar Serraglio voltou a sua função.

A decisão pela prisão partiu do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin, e foi decretada, pois o ex-deputado federal, está sendo investigado pelos crimes de corrupção, obstrução da justiça entre outros. Rocha Loures era assessor do presidente Michel Temer e a ação da PF, autorizada pela justiça, o flagrou recebendo 4 parcelas de 500 mil reais, que teriam como destinatário o senador afastado Aécio Neves do PSDB-MG.

Mais uma vez numa ação investigativa da Polícia Federal, e após o pedido de prisão do Procurador Geral da República Rodrigo Janot, o país tem uma notícia de um poderoso sendo levado à prisão por falcatruas com o dinheiro público, repassado pelo presidente da rede de frigoríficos JBS Joesley Batista, que este conseguiu com a corrupção que estava enraizada na nação, por muitos anos.

Estamos vivenciando um momento extremamente delicado na nossa jovem democracia, em função do envolvimento de boa parte dos políticos do nosso país, nesse mar de corrupção e desvio de dinheiro público, onde esses grandes figurões nacionais, com Lula, duas vezes eleito presidente da República, Aécio Neves, senador e tendo disputado a eleição presidencial em 2014, recebera mais de 51 milhões de votos, além do próprio presidente da República atual, Michel Temer, sendo investigado no STF.

Ainda assim, não podemos deixar de ser otimistas, principalmente por visualizarmos que nossa nação está sendo passada a limpo, onde personagens que anteriormente eram intocáveis, atualmente estão respondendo na justiça e sendo presos, a partir de ações competentes de instituições republicanas, como o STF, e a justiça do nosso país, além do Ministério Público e da polícia, independentemente da condição financeira ou poder político dos criminosos, por seus crimes e desvios de condutas como todos os que descumprem as leis desse país.


Fica a reflexão. Fique atento à próxima edição da Hora da Cidadania, que é divulgada todas as segundas-feiras. Você pode dar sugestão de temas, fazer críticas e elogios através do e-mail: ericklessa04@gmail.com.

VIP INFORMÁTICA