AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

sexta-feira, 23 de outubro de 2020

COLUNA OPINIÃO DA MULHER COM A CONTADORA, PERITA CONTÁBIL E REPRESENTANTE DO GRUPO ORGULHO DOWN MANUELA LIMA.

 


VACINA CORONAVAC

 

Com o CORONAVÍRUS no mundo, estamos ansiosos para que surja a vacina para que possamos voltar a nossa VIDA NORMAL ― sem máscaras, com liberdade de ir e vir. Em parceria com o Instituto Butantan, a empresa chinesa Sinovac está em fase clínica final de testes, a chamada 3ª fase da vacina CoronaVac.

No entanto, surgiram muitas indagações sobre essa vacina. Será que é porque o novo coronavírus surgiu na China e as pessoas acreditam que foi uma criação dos cientistas de lá, para disseminá-lo pelo planeta e "dominar o mundo"? Ou será que a CoronaVac é rejeitada por causa de uma briga política, e que "bolsonaristas" não tomariam a vacina chinesa, pois o governador de São Paulo, João Dória, "traiu" o presidente Jair Bolsonaro? Enfim, não faltam hipóteses para esse caso, mas a grande maioria não faz algum sentido se pensarmos na questão da saúde e da ciência.

As pessoas estão se indagando se devem tomar a vacina, se é segura, se terá algum efeito ou se irão morrer. Mas não há motivos para desconfiança. Quem irá decidir se podemos receber a imunização da China, da Inglaterra ou de qualquer lugar será um corpo técnico, após obter os dados dos testes clínicos. Essa discussão é restrita aos cientistas.

É importante que se compreenda que, após o licenciamento da vacina para uso humano, teremos testes e acompanhamento das pessoas vacinadas para avaliar qualquer efeito colateral em curto, médio e longo prazo. Outra questão que é importante citar é quem serão os responsáveis pela liberação para a vacinação em larga escala: pesquisadores e institutos responsáveis, como a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aqui no Brasil. Quando os técnicos "assinam" que uma vacina pode fazer bem para população, assumem uma responsabilidade para a vida, ou seja, qualquer erro que pode afetar as pessoas vacinadas poderá destruir a carreira desse corpo técnico para sempre.

Não podemos deixar que opiniões de conspiração ou conflitos políticos nos impeçam de controlar essa PANDEMIA. Já ocorreram aqui no Brasil mais de 150 mil mortes. Quando houver uma vacina aprovada por instituições e órgãos responsáveis, seja ela da China ou de qualquer outro lugar, vamos nos vacinar, pois a vacina salva vidas.

 

ESSA FOI MINHA OPINIÃO DE MULHER DE HOJE. Acompanhe-me  através das Redes Sociais: Instagram: manuelalima159 e Facebook: Manuela Lima