AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

quarta-feira, 4 de novembro de 2020

POLÍCIA CIVIL REALIZOU COLETIVA DE IMPRENSA PARA DETALHAR DUAS OPERAÇÕES EM CARUARU

 


Foi realizada uma coletiva de imprensa no final da manhã desta quarta-feira (04) no auditório da Dinter 1 – Diretoria Integrada do Interior 1 da Polícia Civil, da qual participaram a delegada Chefe da 90ª Circunscrição Policial Dra. Gabrielle Nishida, delegado Dr. Bruno Vital chefe da Gerência de Controle Operacional –GCOI da Dinter 1 e o delegado seccional da 14ª DESEC Dr. Álvaro Grako e essa coletiva foi para repassar a imprensa os detalhes das Operações “Fogo Grego” e “Contrapasso” que foram deflagradas pela manhã.


O Dr. Álvaro Grako, disse que as duas operações resultaram no cumprimento de 9 (nove) mandados de prisões temporárias, 15 (quinze) de busca e apreensão e uma medida cautelar de suspensão de atividades comerciais, todos expedidos pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Caruaru. Os presos e a loja que sofreu a sanção judicial não tiveram os nomes revelados. Os presos vão responder por Associação Para o Crime e Comércio Ilegal de Arma de Fofo e Munições.

O Dr. Bruno Vital, ressaltou que a operação “FOGO GREGO”, foi batizada com essa nomenclatura por fazer menção a um tipo de arma incendiária usada pelos bizantinos, já a “CONTRAPASSO” recebeu esse nome, uma vez que “passo” significa a distância necessária para que o projétil realize uma volta completa em torno do seu próprio eixo.

A investigação foi desenvolvida pela 90ª Circunscrição de Polícia conhecida popularmente como a 3ª Delegacia de Caruaru com o objetivo de apurar a prática do crime de comércio ilegal de arma de fogo e essa atividade já vinha sendo investigada há sete meses, inclusive um homem foi preso na semana passada ao vir de Água Preta para comprar munições a esse grupo criminoso em Caruaru.

Aproximadamente cem policiais civis participaram das operações entre delegados, agentes e escrivães.


A delegada Dra. Gabriele Nishida, que preside as investigações, falou que essas armas e munições, além de acessórios do gênero, estavam armando quadrilhas envolvidas com o tráfico de drogas, assaltos, latrocínios e até homicídios. Ela informou também que duas pessoas foram presas em flagrante durante a operação e que também foi aberto um inquérito por portaria.   




Desde que iniciaram as investigações foram apreendidos 15 pacotes de bucha para cartucho calibre 32; mais de cem munições calibre 38; três revólveres calibre 38; uma espingarda; uma pistola calibre 380; uma pistola calibre 9 milímetros e vários telefones celulares.