AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

COLUNA OPINIÃO DE MULHER COM A ENFERMEIRA E PROFESSORA UNIVERSITÁRIA NAYARA SOUSA

 


UM NATAL TOTALMENTE ATÍPICO

 

Com a aproximação das festividades de final de ano, aumenta a preocupação dos especialistas em Saúde Pública de que ocorra uma propagação ainda maior do COVID-19.

Em um ano totalmente atípico, com meses de incertezas e muitas restrições, o mês de dezembro certamente está sendo diferente de todos os outros. Faz parte da cultura brasileira se reunir e festejar as principais datas comemorativas. A exemplos do Carnaval, São João, Natal e Reveillon.

O principal apelo sanitário é que as pessoas evitem aglomerações. O anseio pelos encontros familiares durante o natal deve considerar que a depender do momento, este pode ser uma fonte importante de propagação. Precisamos destacar que no seio familiar, costumamos nos sentir mais à vontade, podendo até nos esquecer da manutenção das medidas preventivas.

Nessa última quinta-feira, o Governo do Estado de Pernambuco anunciou o cancelamento do Carnaval de 2021. Algo que já era esperado pela população e que confirma que iniciaremos o próximo ano ainda nesse quadro pandêmico.

É necessário que a população tenha paciência e que compreenda que, ainda que tenhamos uma vacina, ou várias vacinas em nosso país, garantir a imunização e a normalização de nossas rotinas não é algo tão simples assim. Existe uma grande logística para que isso aconteça e esta leva tempo.

O importante nesse momento é compreender que a vida vale mais que qualquer outra coisa e que no tempo oportuno, iremos seguir dentro da normalidade. Que cada indivíduo que compõe a sociedade execute seu papel com responsabilidade, pensando coletivamente! Como? Usando máscara, lavando as mãos e evitando aglomerações desnecessárias, para que o Natal de 2021, seja festejado com grande alegria e liberdade!

Essa foi minha Opinião de Mulher de hoje. Me acompanhe nas Redes Sociais. Instagram: @nayara_gsousa e Facebook: Nayara Sousa.