ANUNCIE SUA MARCA AQUI! ENTRE EM CONTATO!

ANUNCIE SUA MARCA AQUI! ENTRE EM CONTATO!

quarta-feira, 3 de maio de 2023

MAIS DE 1.500 ARMAS ENTREGUES À POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO

 


Nada menos que 1.549 armas de fogo foram entregues nesta terça-feira (2) à Polícia Militar de Pernambuco. A ação foi realizada pela Polícia Federal que apreendeu o material durante a operação “Zona Cinza”, realizada em duas fases em um clube de tiro, em Caruaru. A autorização para o uso pela PM, partiu do Tribunal Regional da 5°região, acatando pedido da PF.

Ao longo da ação investigativa nesse local, foi identificada a existência de organização criminosa dedicada a produção de documentos falsos usados para viabilizar o comércio e porte das armas. Além disso, o grupo realizava ações estimulando o uso indiscriminado do armamento, incitando também a prática de crimes. Foi a maior operação desse tipo nos últimos dez anos.

A cerimônia de entrega, aconteceu no auditório térreo, do Quartel do Derby. Estiveram presentes a secretária de Defesa Social, Carla Patrícia, o comandante da PMPE, coronel Tibério César, o subcomandante da PMPE, coronel Marcos Ramalho e o Superintendente da Polícia Federal, Antônio de Pádua.

De acordo com a secretária, o trabalho integrado foi imprescindível para a aquisição das armas para a Polícia Militar. “Hoje é um dia muito significativo que demonstra a importância do trabalho integrado entre as forças de segurança. Tivemos a participação irrepreensível da PF, que resultou numa apreensão recorde de mais de 2.500 armas que foram devidamente catalogadas e periciadas. E, neste momento, a Polícia Militar recebe mais de 1.500 armas que serão usadas na defesa da sociedade pernambucana. E essa entrega só foi possível pela sensibilização do Poder Judiciário”, frisou.

O superintendente da PF, por sua vez, destacou a importância do uso pela Polícia Militar. “É um momento bastante significativo, foram apreendidas diversas armas de vários modelos, tipos e calibres, que serão usadas agora pela Polícia Militar, entendendo-se o momento de violência que estamos passando. É uma forma de colocar a disposição das forças de segurança armas de fogo que devem fazer a proteção da população”, destacou.

Já o comandante da PMPE, salientou como essas armas serão distribuídas. “Para a PM, esse repasse é muito bem vindo, pois mais de 1.500 armas serão empregadas diretamente no combate à criminalidade. Nós temos hoje 51 unidades operacionais e todo esse material, entre eles, fuzis, pistolas, espingardas, rifles, serão distribuídos nas diversas unidades especializadas e nos batalhões do Estado. Cada vez que recebemos materiais como esse, nós nos aproximamos da meta de armar e acautelar todo policial militar. Agradecemos pelo apoio”, finalizou o comandante.