TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CENTRAL BURGUER

CENTRAL BURGUER

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

segunda-feira, 20 de março de 2017

COLUNA A HORA DA CIDADANIA COM O DELEGADO ERICK LESSA

Resultado de imagem para erick lessa

A CARNE É FRACA!

Polícia Federal desencadeia maior operação de sua história, denominada “Carne Fraca”, para combater corrupção envolvendo fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), do Brasil, que recebiam propina para liberar licenças, sem realizar a devida inspeção nos frigoríficos, que utilizavam as mais absurdas práticas no manuseio de carnes, linguiças, salsichas, e outros processados, que vão diariamente à mesa de praticamente todos os brasileiros, e ganhavam o mundo com grandes exportações.

Algumas dessas práticas eram colocar produtos químicos para ocultar o vencimento de determinadas carnes, além de adicionar água para aumentar o peso desses produtos, e até enxerto com papelão em pedaços de frango e cabeça de porco em linguiças.

São 22 empresas que estão sendo investigadas, que detêm marcas como: Perdigão, Seara, Friboi entre outras, que estão diariamente sendo servidas à mesa de milhões de brasileiros. A justiça federal determinou o bloqueio de quase R$ 1 bilhão de reais de tais empresas.

Registre-se que tudo isso está sendo revelado a partir de ações corajosas e respeitáveis, por parte das instituições como a Polícia Federal, mas que não são realizadas há pouco tempo, basta dizer que essa prática nefasta para a sociedade está sendo investigada há 2 anos, e certamente temos outros escândalos sendo revelados à medida que as instituições se fortalecem e são conduzidas por profissionais sérios e comprometidos com aquilo que fazem.

Onde vamos parar com todo essa mar de corrupção? Lógico que o sujeito que se corrompe dessa maneira, já tem seus princípios e valores deturpados, e quando verificam a possibilidade de ganhar vultosas somas em dinheiro corrompe-se, e como no caso, põe em risco a vida de milhões de pessoas.


Fica a reflexão. Fique atento à próxima edição, que é divulgada todas as segundas-feiras aqui no blog do Adielson Galvão.