TEFNET

TEFNET

ERGO 30

ERGO 30

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

VIP

VIP

CENTRAL BURGUER

CENTRAL BURGUER

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

CLÍNICA SEMPRE SAÚDE

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

NORDESTE RASTREAMENTO 24H

segunda-feira, 27 de março de 2017

COLUNA A HORA DA CIDADANIA COM O DELEGADO ERICK LESSA

Resultado de imagem para erick lessa

INVESTIGAÇÃO DEVE SER SIGILOSA PARA SER EXITOSA!

Na semana passada houve um crime que chocou demasiadamente a população de Caruaru e região, com repercussão em todo o Estado. Três pessoas foram assassinadas e uma quarta está em estado grave, em atendimento médico num hospital de referência, em Recife. Fato ocorrido no Sítio Lagoa do Paulista, zona rural do município.

Em meio a tudo isso, muito se especula, muito se divulga, muito se fala, principalmente na imprensa, em redes sociais, notadamente com a velocidade da internet, sobre o assunto, com possível prejuízo para as investigações.

Não há que se criticar o anseio da imprensa de buscar informações sobre investigações, suspeitos, fatos relacionados ao trabalho da polícia judiciária, já que a população anseia por notícias e clama por justiça. Entretanto, o sigilo, o fator surpresa e as investigações mantidas em absoluta discrição são fatores preponderantes para a elucidação do crime.

Tenho dito, que, com o avanço dos programas policiais e noticiário específico voltado para a segurança, não contamos mais apenas, com 200 milhões de técnicos da seleção brasileira, como se dizia antigamente, e sim, com esse número (população média do nosso país) de investigadores, já que todas as pessoas têm uma opinião ou até já dão o veredito final de quem é o autor, a motivação do crime etc.

Natural, o despertar da curiosidade e atenção da população a um crime dessa dimensão, que praticamente dizima uma família. Vivemos atualmente em Caruaru números absurdos da violência. Registre-se que já estamos nos aproximando do número de 70 homicídios em menos de 3 meses na cidade de Caruaru. Tudo isso contribui para a especulação num caso como esse, mas a polícia civil, de forma acertada decretou o sigilo das investigações, e já deu uma resposta rápida à sociedade com a prisão dos três envolvidos no crime, conforme foi amplamente divulgado na mídia, através de uma coletiva da PCPE, no último sábado – 25MAR, para informar a população do esclarecimento do fato.

Mais uma vez a polícia civil, com o apoio da PM, apesar da violência registrada em nossa região, mostra sua primorosa capacidade e competência para esclarecer fatos tão complexos, como esse discutido. Fruto de muito trabalho, mas também do sigilo das investigações tão salutar nesse minucioso, delicado e sensível trabalho investigativo, de atribuição da Polícia Civil.


Fica a reflexão. Fique atento à próxima edição, que é divulgada todas as segundas-feiras aqui no blog do Adielson Galvão.