AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

terça-feira, 28 de abril de 2020

POLÍCIA CIVIL REALIZOU OPERAÇÃO EM BARRA DE GUABIRABA, ONDE LOCALIZOU UM COMÉRCIO CLANDESTINO DE COMBUSTÍVEL ROUBADO, APREENDEU UM VEÍCULO ROUBADO COM A PLACA CLONADA, MUNIÇÕES E PRENDEU O SUSPEITO DE COMANDAR A QUADRILHA






A Secretaria de Defesa Social, através da Equipe de Policiais Civis da 102ª Circunscrição em Barra de Guabiraba, sob o coordenação do delegado Dr. Higor Carvalho, deflagrou nesta segunda-feira (27) a Operação Tanque Cheio, que apreendeu grande quantidade de combustível apreendido e realizou a prisão em flagrante delito do detentor do material apreendido.

A investigação realizada pela equipe de investigadores da delegacia de Barra de Guabiraba, que contou com a supervisão da 14ª DESEC e da DINTER I, durou 03 (três) meses e contou com o acompanhamento e monitoramento do suspeito, além da apuração de denúncias contra ele. O suspeito dirigia carros de luxo na cidade de Barra de Guabiraba e mantinha um depósito clandestino utilizado para a venda ilegal de combustível. O esquema de receptação contava com motoristas de caminhões transportadores, que realizavam desvios na carga dos combustíveis.

Diante das informações e de posse das placas dos carros que o suspeito andava pela cidade, verificou-se a existência de um mesmo veículo com placa igual a um dos que o suspeito dirigia. Foi então solicitado ao verdadeiro proprietário que realizasse na Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos da capital uma vistoria para constatar a originalidade do automóvel e consequente clonagem do carro do suspeito.

Na operação foram apreendidas, além do automóvel clonado, munições calibre 38 e calibre 12, um simulacro de arma de fogo, seis pares de placas de veículos roubados, vários documentos de pessoas diversas, 95 botijões de combustível clandestino com aproximadamente 1.000 litros de derivados de petróleo cada, chaves de veículos e quantia em dinheiro.

O imputado, Edmilson João de Oliveira, foi levado para a delegacia de plantão em Bezerros, onde foi autuado em flagrante por receptação, posse ilegal de munição, e crime contra a economia popular pela venda de combustível clandestino, para posteriorente ser apresentado na audiência de custódia.

As investigações continuam para identificar os demais integrantes da organização criminosa.