AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

segunda-feira, 4 de maio de 2020

COLUNA DO DELEGADO LESSA




Educação em tempos de pandemia

A pandemia do novo coronavírus causou impactos em todos os setores, inclusive na Educação. Uma das primeiras ações das medidas de distanciamento social foi a suspensão de aulas nas instituições de ensino. A medida foi necessária, devido à situação atípica que o mundo está passando. Contudo, requer uma série de recomendações para que sejam construídos planos de ensino a distância com foco na educação básica, algo inédito até então.

Segundo a avaliação de especialistas, a pandemia revelou que a Educação foi para a última fila nas prioridades. A demora na implementação de ações visando minimizar os impactos do período sem aula presencial resultará em maiores dificuldades para professores e estudantes no processo ensino-aprendizagem. Falta um modelo pedagógico voltado para a contingência, ressignificando o ambiente escolar e auxiliando os profissionais da área. A mudança gerou nos professores uma sobrecarga de trabalho e estresse que pode ser comparável à dos profissionais da saúde.

Em Caruaru, há ainda outro desafio: segundo representantes da categoria, além de lidar com os impactos da pandemia, será necessário lutar contra os efeitos negativos de um projeto de lei encaminhado pelo Poder Executivo Municipal que, na prática, congela o salário dos professores. O projeto vai na contramão do que é reivindicado pelo segmento desde 2013, a reformulação do seu Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV).

A falta de habilidade de liderança da atual gestão municipal poderá causar impactos no aspecto pedagógico. Momentos de crise exigem novos modelos de formação, o que só é possível através do processo educativo, de modo que a valorização dos professores é ainda mais essencial. Em nome do futuro das nossas crianças, é indispensável que a gestão aprenda essa lição.