PREFEITURA DE CARUARU

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

COLUNA DO DELEGADO LESSA

 


Vacinação: um sinal de esperança contra a covid-19

No domingo (17), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou o uso emergencial da CoronaVac e da vacina de Oxford contra a covid-19. A liberação do uso emergencial ocorrerá após a publicação oficial e comunicação formal aos laboratórios. No caso do imunizante elaborado em parceria com o Instituto Butantan e a empresa chinesa Sinovac, haverá a assinatura de um termo de compromisso, que também deverá ser publicado no Diário Oficial da União.

Apesar de algumas pessoas ainda estarem receosas com relação aos imunizantes, é necessário ressaltar que são empregadas várias fases de estudos para uma vacina ser utilizada na população. Inicialmente, ela passa por uma etapa em laboratório, depois por uma fase pré-clínica em animais e, em seguida, por três etapas clínicas de testes em voluntários humanos. Os resultados dos exames comprovam a segurança das imunizações.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou que a vacinação contra a covid-19 começará na quarta-feira (20) às 10h, em todo o Brasil, para os grupos prioritários. A princípio, 03 milhões de pessoas deverão ser imunizadas com duas doses da CoronaVac, entregues aos estados a partir desta segunda-feira (18). A operação logística será de responsabilidade dos municípios.

A chegada das vacinas é um sinal de esperança em meio ao grave cenário da pandemia e ao colapso no sistema de saúde. Já são mais de 200 mil mortes em nosso país. Ainda estamos com o coração enlutado pela perda de pessoas queridas para a doença, mas vamos começar a dar os primeiros passos rumo à normalidade. A vacinação responsável e consciente dos cidadãos é uma forma preventiva e protetora para salvar vidas.