PREFEITURA DE CARUARU

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

segunda-feira, 18 de outubro de 2021

COLUNA DO DELEGADO LESSA

 


A importância de uma nova Delegacia da Mulher em Caruaru

Pernambuco foi um dos primeiros estados do Brasil a instalar uma Delegacia da Mulher, em 1985, no Recife. Era um período no qual o descaso com relação à violência contra a mulher imperava nas delegacias comuns, gerando uma ausência de estatísticas sobre esses casos, em meio a uma cultura de violência.

As transformações vieram a partir da mobilização das mulheres, baseadas nos princípios da Constituição Cidadã de 1988. O texto da nossa Carta Magna passou a contemplar direitos e deveres igualitários para homens e mulheres, inclusive em âmbito conjugal. Leis específicas, como a Maria da Penha, foram promulgadas posteriormente, conferindo às mulheres os direitos que eram-lhes negados.

Com o passar dos anos, avanços vieram também para Caruaru. A instalação da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) foi um marco neste sentido, assim como a criação da Vara de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher em Caruaru, pelo Tribunal de Justiça do Estado, a primeira especializada nesses tipos de crimes no interior de Pernambuco. Outros equipamentos também surgiram, e a cultura vem passando por um processo de transformação.

A sede atual da DEAM, que fica em um prédio alugado na Rua Dalton Santos (Bairro São Francisco), já não atende às demandas atuais. Pensando no acolhimento às vítimas desses crimes revoltantes e na estruturação do trabalho das profissionais de segurança, destinamos R$ 785.600,92 em recursos para as instalações da nova Delegacia da Mulher, na Avenida Portugal. As obras estão sendo realizadas e a expectativa é que nos próximos meses Caruaru seja contemplada com a sua inauguração. A unidade representa um passo a mais na luta histórica por uma cidade mais justa para todos e será um ambiente de contribuição no sentido de construir uma cultura de paz.