AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

FOCUS CURSOS

FOCUS CURSOS

quinta-feira, 2 de abril de 2020

LESSA DEFENDE AÇÕES NA SAÚDE, ECONOMIA E SEGURANÇA PÚBLICA



Saúde, Economia e Segurança Pública. De acordo com o deputado estadual Delegado Erick Lessa, este é o tripé que requer maior atenção do poder público em virtude da pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A opinião foi apresentada pelo parlamentar no debate com o comunicador Geraldo Freire, na Rádio Jornal, durante a manhã desta quarta-feira, 1º. Lessa participou por telefone do programa, que ainda teve as participações do também deputado Joel da Harpa e do advogado trabalhista Marco Alencar.

As condições de trabalho dos profissionais de segurança pública foram mencionadas por Erick Lessa como um fator preponderante para este momento de crise. O deputado afirmou que já recebeu informações de assaltos e saques devido às medidas de prevenção de contágio, o que tem gerado mais atividades para aqueles que estão na linha de frente pela segurança pública. A despeito dos muitos serviços, há estimativas de uma carência de cerca de 30% destes profissionais – que, por causa da pandemia, estão submetidos à jornada extra de segurança obrigatória. Assim, o parlamentar defendeu a garantia de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os policiais, o que inclui itens como máscara, álcool gel, colete à prova de balas, armamento e munição.

No último dia 25, o deputado Lessa encaminhou ao Poder Executivo do estado uma série de propostas estratégicas para combater o novo coronavírus. No que diz respeito à Saúde, entre outras medidas, o documento propõe transformar temporariamente, o Hospital da Mulher em Caruaru como ‘hospital de campanha’ é uma das sugestões; além de assegurar a reserva de EPIs para os hospitais e fomentar que as cidades do Polo Têxtil produzam tais equipamentos.

Para minimizar as dificuldades quanto aos impactos econômicos da Covid-19, Lessa apresentou como necessária a adoção de medidas de suspensão temporária dos vencimentos de determinadas cobranças tributárias, a exemplo do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) e do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), além de reivindicar suspensão de cobrança de taxas da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). No documento, o deputado também propôs medidas de auxílio à população em situação de rua.