AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

quarta-feira, 25 de janeiro de 2023

PRF FLAGRA GRUPO DE MOTOCICLISTAS QUE PARTICIPAVA DE “RACHAS” NA BR-232

Nove motos foram recolhidas; foram aplicadas multas que somam cerca de R$ 50 mil por diversas irregularidades, além da prática perigosa

 





Após denúncias por meio do número de emergência 191 na noite desta terça (25), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou um grupo de motociclistas que estariam praticando “rachas” na BR-232 entre Caruaru e Gravatá. Nove motos foram recolhidas para o pátio conveniado da instituição e mais de R$ 50 mil reais em multas foram aplicadas por diversas irregularidades observadas nos veículos.

As denúncias começaram a chegar por volta das 20h. Do outro lado da linha, pessoas informavam que um grupo com mais de 30 motociclistas faziam manobras arriscadas na rodovia e transitavam em alta velocidade, colocando vidas em risco. A equipe PRF seguiu até o local, na altura do km 138 da BR-232, em Caruaru. No trajeto, ao avistarem a viatura policial, os condutores empreenderam fuga em alta velocidade e ainda pegando a contramão de direção.

Já no município de Gravatá, na altura do km 71, após buscas por participantes do “racha” nas imediações, os policiais identificaram algumas motos, que haviam passado pela equipe PRF em alta velocidade, reunidas em um estabelecimento comercial. As suspeitas de que estariam envolvidas nas manobras e direção perigosas se confirmaram durante a abordagem aos condutores.

Eram nove veículos e várias irregularidades foram observadas, entre elas a falta de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), licenciamento vencido, pneus sem condições de circulação, falta de retrovisor e placas encobertas. Além disso, os envolvidos foram notificados com base no Art. 175 do CTB, que diz “utilizar-se de veículo para demostrar ou exibir manobra perigosa, mediante arrancada brusca, derrapagem ou frenagem com deslizamento ou arrastamento de pneus” é infração gravíssima de trânsito. Apenas para esta conduta, o valor da multa é de R$ 2.934 e o condutor soma 7 pontos na CNH.

A PRF alerta para os perigos da prática de “rachas” e demonstrações de manobras perigosas. Este tipo de prática ilegal pode colocar em risco não só a vida de quem participa, mas também de todos os usuários da rodovia. Além disso, é importante frisar a possibilidade de acidentes graves, com vítimas e até mesmo morte.

As equipes policiais seguem monitorando o trecho para coibir qualquer grupamento de veículos que tem por objetivo a prática de “rachas” e conta com o apoio da população para que denunciem por meio do telefone 191 toda e qualquer conduta que coloque em cheque a segurança viária nas rodovias que cortam Pernambuco.