AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

segunda-feira, 9 de janeiro de 2023

POLÍCIA FEDERAL ALERTA PARA NOVO GOLPE ENVOLVENDO VALORES A RECEBER ATRAVÉS DO REGISTRATO DO BANCO CENTRAL

 



A Polícia Federal de uma forma preventiva alerta as pessoas para mais um novo golpe envolvendo links maliciosos enviados para os celulares das pessoas através do WhatsApp. Nessa nova versão do golpe os criminosos prometem o saque imediato via pix para pessoas físicas e empresas de valores a receber que dizem respeito a herança, cartões de créditos, benefícios, direitos e dinheiro esquecidos em alguma conta bancária. Tudo falso. Para dar credibilidade a mensagem, os golpistas exibem relatos falsos em redes sociais de supostas pessoas que já fizeram o cadastramento, atrelam a logomarca do Banco Central e dizem que mais de 20 milhões de brasileiros já sacaram o dinheiro. Apesar de informarem que a consulta está liberada para todos somente até determinado dia – o link continua ativo e sendo enviado para novas vítimas.

Ao clicar no link falso (https://valoresareceber@aux1.ru/go/) que funciona apenas em celulares, a pessoa é direcionada para preencher um formulário com seu nome completo e CPF – e na etapa seguinte os bandidos informam que a pessoa tem direito a aproximadamente R$ 1.915 (mil novecentos e quinze) reais – valor sempre fixo, e para esse dinheiro ser sacado imediatamente basta apenas informar a chave pix indicando o valor a receber com a respectiva senha.

Na etapa final do golpe a vítima é informada que seu dinheiro será liberado após compartilhar o link malicioso com todos os seus amigos e contatos do WhatsApp até o preenchimento de uma barra de rolagem. Ao fazer isso as vítimas se tornam potenciais propagadores da fraude, fazendo com que as pessoas de seus contatos (parentes e amigos) também sejam presas fáceis da quadrilha. O criminoso não tem acesso a nenhuma informação financeira e nem número dos documentos das pessoas, tudo é feito para conseguir os dados pessoais e financeiras das vítimas. Tanto é que se qualquer campo for preenchido com nomes de pessoas e números de documentos inexistentes, o link malicioso vai informar os mesmos valores para os dados inexistentes que a pessoa inseriu no formulário.

O perigo é que om esses dados o bandido pode abrir contas correntes em bancos virtuais ou físicos onde terá acesso a cartão de crédito, cheque especial, poderá abrir empresas fantasmas e fazer compras pela internet tudo em nome de terceiros. E quando as vítimas se dão conta são surpreendidas com compras em seu nome que não fizeram e dívidas que não contraíram. O pior é eu seus celulares poderão ser dominados pelos bandidos tendo acesso a senhas, fotos, vídeos e mensagens, roubar os dados do usuário, infectar o aparelho telefônico e até mesmo aumentar o banco de contatos para aplicar outros golpes,

COMO ESCAPAR DO GOLPE?

• Só faça algum cadastro fornecendo seus dados pessoais ou financeiros através do site oficial dos bancos, lojas especializadas ou páginas do governo e nunca forneça a sua senha;

• Os bancos, lojas e órgãos do governo não enviam mensagens ou links por e-mail ou WhatsApp pedindo dados, senhas ou informações pessoais dos usuários e correntista;


• Nunca clique em links enviados por e-mail, WhatsApp, Facebook ou SMS sob hipótese alguma, é sempre melhor apagar;

• Não compartilhe links duvidosos com seus contatos sem antes saber se são autênticos* – você pode estar sendo usado por bandidos para espalhar o golpe e prejudicar outras pessoas, inclusive seus parentes;

• Observe o nome (grafia) da página governamental ou das empresa. As páginas falsas, sempre vão trazer o nome do endereço eletrônico diferente da página verdadeira, quer seja com letras a mais ou a menos ou com terminações diferentes de .com.br, .gov.br;

• Cuidado com o imediatismo de mensagens tais como: ”Último dia para o saque”, “Não perca essa oportunidade”, “Faça seu cadastro agora” quase sempre tais conteúdos querem fazer com que as pessoas não pesquisem a veracidade das informações nas páginas oficiais dos respectivos órgãos ou lojas;

• Ao entrar em qualquer página verifique se existe um cadeado cinza no canto superior esquerdo da página – isso atesta que sua conexão não foi interceptada e que o site está criptografado para impedir golpes;

• Veja a grafia do endereço da página. Elas têm que ter o HTTPS onde o “S” corresponde a uma camada extra de segurança;

• Nunca baixe programas piratas para o celular ou computador, tais sites costumam ter a maior concentração de vírus;

• Instale um bom antivírus em seu celular ou computador e tenha o sistema operacional do seu celular e computador atualizados.

Por fim o Banco Central já se pronunciou informando que a consulta e solicitação desses valores é feita exclusivamente pelo endereço eletrônico https://valoresareceber.bcb.gov.br diferente do link criado pelos golpistas https://valoresareceber@aux1.ru/go/, e que o serviço de consulta está suspenso neste momento e que a data de reabertura do sistema para consultas e resgate de saldos existentes e para informações sobre valores será divulgada oportunamente. O Banco Central não envia links nem entra em contato para tratar sobre valores a receber ou para confirmar dados pessoais; os cidadãos não devem clicar em links suspeitos enviados por e-mail, SMS, WhatsApp ou Telegram, incluindo qualquer site ou link que ofereça consulta ao SVR;