AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

RC TECIDOS

RC TECIDOS

GBest SPORT

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

OPERAÇÃO CONJUNTA DA POLÍCIA MILITAR (7ª CIPM) E POLÍCIA FEDERAL, ERRADICAM MAIS UM PLANTIO DE MACONHA NA ZONA RURAL DE SANTA MARIA DA BOA VISTA E DESTRÓI 7.900 PÉS DA DROGA


 
 

 

Policiais Federais e Policiais Militares (7ª CIPM), conseguiram erradicar, ontem, dia 21/11, por volta das 8h, 01 (um) plantio (roça) de maconha que estava localizado na Ilha da Cabra na zona rural de Santa Maria da Boa Vista/PE. Ao todo foram destruídos 7.900 pés da droga, que estavam divididos em 1831 covas. Caso os 7.900 pés fossem transformados em maconha pronta para o consumo daria para se fazer aproximadamente 2.600Kg (duas toneladas e seiscentos) quilos da droga. Toda a maconha encontrada foi incinerada no local. Com essas três ações pontuais e consecutivas já se contabiliza 10.260 (dois mil trezentos e sessenta) pés de maconha que poderiam se transformados 3.420Kg (três toneladas e quatrocentos e vinte) quilos de maconha pronta para o consumo.

No local dos plantios foi encontrado várias tubulações e uma bomba D’agua com o objetivo de puxar a água do Rio São Francisco para fazer a irrigação dos plantios,. Toda a tubulação também foi destruída no local.

Assim com essas operações consecutivas a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga em nosso estado como também em outros estados da região nordeste, evitando assim a escalada da violência tais como: assaltos, furtos, roubos, homicídios, assassinatos, acertos de contas, guerra entre facções de traficantes para controle da área para venda de drogas. Geralmente essas ocorrências são resultado e fruto do tráfico de entorpecentes. Cada ponto de venda de droga desabastecido, significa um foco a menos de violência. 

Assim com essas operações consecutivas a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga em nosso estado como também em outros estados da região nordeste, evitando assim a escalada da violência tais como: assaltos, furtos, roubos, homicídios, assassinatos, acertos de contas, guerra entre facções de traficantes para controle da área para venda de drogas. Geralmente essas ocorrências são resultado e fruto do tráfico de entorpecentes. Cada ponto de venda de droga desabastecido, significa um foco a menos de violência.