AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

RC TECIDOS

RC TECIDOS

quinta-feira, 26 de dezembro de 2019

HOMOSSEXUAL FOI BRUTALMENTE ASSASSINADO NA ZONA RURAL DE BONITO E POLICIAIS MILITARES DE PALMARES PRENDERAM UM DOS SUSPEITOS DO CRIME


Por volta das 15 horas desta quinta-feira, 26 de dezembro de 2019, a equipe da Malhas da Lei de Palmares e o efetivo do NIAZM-5, receberam a informação de populares de que os indivíduos que teriam praticado o homicídio contra Luiz Cláudio de Melo, conhecido como “Cal” de 48 anos, na localidade denominada Estreito do Sul, zona rural de Bonito, por volta das 17h do dia 25 de dezembro de 2019 (ontem), estariam homiziados na Rua do Campo, no Distrito de Bem-te-vi, zona rural de Bonito, localidade essa de acesso mais fácil do efetivo do 10º BPM.



Em face também das informações inclusive de que, o efetivo de Bonito continuava em diligências afim de capturar os autores do crime retro mencionado, os policiais do 10º BPM se dirigiram até o local e ao identificarem a casa montaram o cerco, conseguindo assim capturar em flagrante delito um dos autores do crime de nome: Josivaldo José Evaristo, vulgo “Val” de 26 anos, o qual mantinha uma relação homoafetiva com a vítima do bárbaro crime. Nesta ocasião tomaram ciência de que o outro indivíduo de vulgo “Neguinho ou Neném”, havia se evadido na motocicleta da vítima que roubaram da residência após a prática do homicídio, sentido à cidade de Caruaru, juntamente com um terceiro indivíduo de vulgo “Galego ou Mala”.

Face ao exposto, conduziram o suspeito para a sede da AIS-13 em Palmares, onde aguardaram a chegada do efetivo da ROCAM de Bonito, onde fizeram a entrega do homicida a esta equipe que se incumbiu de apresentar o suspeito capturado na DP de plantão em Bezerros, para adoção das medidas cabíveis.

O delegado titular de Bezerros, Dr. Higor Nogueira, está respondendo interinamente pela delegacia de Bonito e coincidentemente está de plantão em Bezerros e está analisando o caso se dar para autuar ou não o acusado em flagrante. Ele disse que foi um crime brutal, a vítima foi morta provavelmente a golpes de facão, teve uma mão amputada e quase teve a cabeça decepada.