AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

RC TECIDOS

RC TECIDOS

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

POLÍCIA CIVIL DE PERNAMBUCO PRENDEU EM ALAGOAS ELEMENTOS QUE MATOU DUAS PESSOAS EM SURUBIM E UMA DAS VÍTIMAS ERA UM POLICIAL MILITAR REFORMADO



Por volta das 6 horas da manhã desta quarta-feira (18.12.2019, a equipe de policiais civis da AIS 16, especialmente designada, deu cumprimento a dois mandados de prisão preventiva expedidos pelo Juízo da Primeira Vara da Comarca de Surubim em desfavor de Jamerson Ribeiro dos Santos, vulgo “Jaminho”, “Guaxinim” e “Tamborete” de 23 anos.

A prisão se deu no município de Arapiraca - Alagoas, após exaustivo levantamento no intuito de localizar e prender referido indivíduo, o qual estava foragido.

Vale salientar que Jamerson Ribeiro foi indiciado e denunciado por dois crimes de homicídio qualificado praticados no município de Surubim no ano de 2018, que tiveram por vítimas Antônio Mariano de Miranda, conhecido por “Tonho Cadete”, e o policial militar reformado Juscelino da Silva Bezerra, conhecido por Sargento Lino, este último que gerou significativa comoção social devido ao modus operandi manejado pelos dois executores (ambos devidamente presos), os quais não hesitaram em ceifar barbaramente a vida da vítima, mediante mais de vinte disparos de arma de fogo, fato ocorrido no dia 22.08.2018, por volta das 19h00, em pleno centro da cidade, onde havia outras pessoas, dentre elas uma criança.

Ademais, o capturado foi indiciado e denunciado pela prática do crime de roubo ocorrido no município de Casinhas. Outrossim, há notícias de outras infrações penais perpetradas no estado de Alagoas, de modo que sua atuação criminosa, conforme investigações realizadas, tinha repercussão interestadual e aponta para o seu envolvimento em organização criminosa.

A força tarefa criada para efetuar a prisão contou com o significativo apoio da Polícia Civil de Alagoas, que foi fundamental para o êxito da ação policial.

Investigações no sentido de identificar a participação de JAMERSON RIBEIRO em outros delitos seguem em curso.