AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

quinta-feira, 5 de março de 2020

POLÍCIA FEDERAL SE INTEGRA A OUTRAS EQUIPES PARA CUMPRIR MANDADOS DE PRISÕES DE HOMICIDAS NO GRANDE RECIFE



A Polícia Federal em Pernambuco, Força Nacional Ostensiva, Força Nacional de Polícia Judiciária, Polícia Civil e Polícia Militar de Paulista e Igarassu deflagraram na manhã de hoje, 05/03/2020 por volta das 6h a Operação Alagados com o objetivo de desarticular uma organização criminosa liderada por um perigoso foragido da justiça e responsável pelo tráfico de drogas e homicídios no município de Paulista e Igarassu/PE. Estão sendo cumpridos 05 (cinco) mandados de busca e apreensão e 11 (onze) mandados de prisão preventiva expedidos pelo Juízo da 2ª Vara Criminal de Paulista nas cidades de Paulista, Olinda, Igarassu e Recife bem como nos presídios de Igarassu e no COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna.

As investigações tiveram início há 7 meses, logo após a implementação do projeto “Em Frente Brasil” na cidade de Paulista – cujo objetivo é a atuação integrada entre forças de segurança pública no combate à criminalidade violenta, propondo uma nova estrutura para as políticas públicas de estado, com foco nas realidades regionais. A proposta também alia medidas de segurança pública a ações sociais e econômicas, para promover a transformação das realidades das regiões, por meio da cooperação e da integração, obtidas pelas parcerias firmadas com estados e municípios, além da participação de outros ministérios, que auxiliarão para o alcance dos resultados previstos.

A quadrilha está totalmente desarticulada e atuava com extrema violência principalmente executando membros de quadrilhas de tráfico de drogas rivais pelo domínio do território. Dentre os presos também estão algumas mulheres que eram responsáveis pela guarda, e venda de drogas e fornecimento de informações para execuções de vítimas de homicídios.

Os presos estão sendo levados para a Superintendência da Polícia Federal em Pernambuco, onde serão indiciados pelos crimes de tráfico de drogas, homicídios e organização criminosa, cujas penas ultrapassam os 30 anos de reclusão. Após realizarem exame de corpo de delito as mulheres serão enviadas para o Presídio Feminino e os homens para o COTEL onde ficarão à disposição da Justiça Estadual. Dos onze mandados de prisão apenas um ainda não foi cumprido e diligencias estão sendo realizadas com o objetivo de efetuar a captura deste último integrante.

O principal líder da quadrilha foi preso no dia 28/02 em Paulista/PE, quando estava em via pública por volta das 20h, através de uma ação conjunta da força tarefa do programa em Frente Brasil do Ministério da Justiça e Segurança Pública, com a participação da Polícia Civil, Polícia Federal e Polícia Judiciária da Força Nacional, O preso foi encaminhado para a 7ª Delegacia de Homicídios de Paulista/PE onde foi dado cumprimento a 4 mandados de prisão em seu desfavor. Desde o ano de 2018, a 6ª Delegacia de Homicídio vinha investigando a participação dele pelo cometimento de cerca de 20 homicídios. Na ocasião o preso estava com uma pistola Taurus, PT 840, calibre .40, pertencente a Polícia Civil de Pernambuco, um carregador, 16 munições .40 intactas, um celular e um relógio de luxo. Por esta razão, foi autuado em flagrante delito por receptação, porte ilegal de arma de uso restrito e resistência.

O principal líder da quadrilha foi preso no dia 28/02 em Paulista/PE, quando estava em via pública por volta das 20h, através de uma ação conjunta da força tarefa do programa em Frente Brasil do Ministério da Justiça e Segurança Pública, com a participação da Polícia Civil, Polícia Federal e Polícia Judiciária da Força Nacional. O preso foi encaminhado para a 7ª Delegacia de Homicídios de Paulista/PE onde foi dado cumprimento a 4 mandados de prisão em seu desfavor. Desde do ano de 2018, a 6ª Delegacia de Homicídio vinha investigando a participação dele pelo cometimento de cerca de 20 homicídios. Na ocasião o preso estava com uma pistola Taurus, PT 840, calibre .40, pertencente a Polícia Civil de Pernambuco, um carregador, 16 munições .40 intactas, um celular e um relógio de luxo. Por esta razão, foi autuado em flagrante delito por receptação, porte ilegal de arma de uso restrito e resistência.