AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

terça-feira, 30 de junho de 2020

POLÍCIA FEDERAL DEFLAGRA OPERAÇÃO DISSÍMULO EM CARUARU



A Delegacia da Polícia Federal em Caruaru deflagrou na manhã de hoje (30/06/2020) a Operação Dissímulo, com a finalidade de descortinar a atuação de uma associação criminosa estabelecida na região dos municípios de Caruaru e Santa Cruz do Capibaribe, especializada na execução de crimes patrimoniais contra agências bancárias, na modalidade de roubo mediante sequestro e extorsão de funcionários, tendo como líder o vigilante Jalmir Silva Reis, de 38 anos, funcionário de uma empresa de segurança de valores, brasileiro, casado, natural da Bahia e residente em Caruaru.


O delegado chefe da Delegacia da Polícia Federal em Caruaru, Dr. Márcio Tenório, disse que o líder do grupo já havia sido preso pela Polícia Federal de Caruaru, em uma ação desencadeada em 07/02/2020 no curso de investigação que apurou suas relações Anderson Struziatto dos Santos, de 31 anos e Edmilson Mendes da Silva, de 42 anos, que são integrantes da facção criminosa PCC – Primeiro Comando da Capitão, do Estado de São Paulo, com atuação em diversas outras unidades da federação, presos pela Polícia Federal em Caruaru, no dia 03/11/2019, quando supostamente realizavam levantamentos no município para a realização de mais uma empreitada criminosa. Na ação de hoje a Polícia Federal cumpriu 04 (quatro) mandados de busca e apreensão (Agamenon Magalhães, Cidade Jardim, Renderias e Vassoural) expedidos pelo Juízo da 3ª Vara Criminal da Comarca de Caruaru, em endereços de suspeitos de integrarem o grupo criminoso, tendo sido empregados 25 (vinte e cinco) policiais federais.

Os crimes atribuídos aos investigados são de associação criminosa e roubo qualificado (Art. 288 c/c Art. 157, §2º, V, do Código Penal Brasileiro), com penas que somadas podem chegar a 18 (dezoito) anos de reclusão.  Dissímulo = Dissimulado (Pessoa que oculta seus reais sentimentos ou intenções; fingido, falso, hipócrita).

RELEMBRE O CASO

No dia 03/11/2019, por volta das 22h, a Polícia Federal em Caruaru procedeu a prisão de um autônomo de 31 anos, brasileiro, casado, natural e residente em São Paulo/SP e de um motorista de 44 anos, brasileiro, solteiro, natural de Serra Talhada/PE e residente em São Paulo/SP. As prisões aconteceram em virtude de investigação de rotina na área de inteligência policial, a qual dava conta de que de um suspeito que tinha contra si um mandado de prisão preventiva expedido pela Vara Criminal de Caçapava/SP estaria na Feira da Sulanca em Caruaru/PE, acompanhado de um segundo comparsa.

Os federais ao procederem a abordagem de três suspeitos, dois deles se identificaram com documentos falsos (RG e CNH), razão pela qual foram presos em flagrante e levados até a Delegacia da Polícia Federal em Caruaru para os procedimentos de polícia judiciária, o terceiro foi ouvido em inquérito policial e liberado em virtude de não ter sido comprovada sua participação ou envolvimento em crimes.

Os presos tomaram ciência dos mandados de prisão preventiva e foram*autuados em flagrante pelo crime de uso de documento falso (2 a 6 anos de reclusão). Foram apreendidos cerca de R$ 300 mil reais, U$ 120 dólares, 11 (onze) celulares, 01 (um) tablet e 01 (uma) máquina fotográfica.* Os dois são criminosos de alta periculosidade e tiveram participação em diversas modalidades criminosas como assaltos, latrocínios, explosão de carros fortes e bancos. No dia 04 de abril de 2016, na Rua Silva Jardim 365 -Santos/SP, um deles participou efetivamente da investida contra a empresa Prossegur usando de grave violência e subtraindo juntamente com seus comparsas a importância de R$ 12 milhões de reais e em virtude de trocas de tiros vitimaram o morador de rua DEJAIR ZEZUINO DE LIMA. Durante a fuga na rodoviária Anchieta havia uma blitz da Polícia Militar e os bandidos efetuaram disparos de fuzis contra os militares e vitimaram, ALEX DE SOUZA DA SILVA e LEONEL ALMEIDA DE CARVALHO que estavam no interior da viatura. Os dois também tem participação no episódio do Aeroporto de Viracopos/SP contra uma empresa de transporte de valores no Paraguai no qual roubaram numa ação cinematográfica um carregamento de ouro.






No dia 07/02/2020-(sexta-feira), por volta das 7:30h, a um mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara Criminal da Justiça Federal de Santa Cruz do Capibaribe/PE, em desfavor de um vigilante de 32 anos, A prisão aconteceu quando o suspeito estava em sua residência e se deu de forma tranquila sem maiores complicações. O vigilante tem associação com uma perigosa e violenta quadrilha de assaltantes de bancos e carros fortes, na qual dois dos principais integrantes foram presos no dia 03/11/2019, na feira da sulanca em Caruaru/PE, por volta das 22h, portando documentos falsos e tinham por costume se hospedar na casa do vigilante.  As investigações da Polícia Federal o apontam como responsável por passar informações privilegiadas dos bancos e empresas de segurança privada aos integrantes de facção criminosa para que eles pudessem realizar suas investidas em Pernambuco. Inclusive em duas dessas ações, dois vigilantes foram mortos, um em Caruaru e outro em Gravatá (através de ações violentas da quadrilha. As investigações prosseguem no sentido de identifica e prender outros possíveis integrantes da quadrilha. Após tomar ciência da prisão, o vigilante realizou Exame de Corpo de Delito no IML - Instituto de Medicina Legal de Caruaru/PE, e em seguida foi encaminhado para a Penitenciária Juiz Plácido de Souza onde ficará à disposição da Justiça Federal.