PREFEITURA DE CARUARU

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

segunda-feira, 29 de março de 2021

COLUNA DO DELEGADO LESSA

 


O nosso Polo de Confecções precisa de um olhar específico

As definições sobre as medidas de enfrentamento devem ser tomadas de acordo com as realidades territoriais, envolvendo a Saúde e a Economia. No caso do Polo de Confecções do Agreste, é necessário adotar medidas levando em conta aspectos culturais, econômicos e sociais, visando à preservação da vida em suas mais variadas dimensões. Nessa perspectiva, representantes das feiras defendem que a comercialização deve ocorrer em um horário específico, devido à dinâmica da cadeia produtiva do Polo Têxtil, que engloba mais de 20 municípios.

Essa demanda está de acordo com o ‘novo normal’ que deve vigorar a partir de 1º de abril em Pernambuco. O Plano de Convivência com a Covid-19 divulgado na quinta-feira (25) aponta para o escalonamento das atividades como uma forma de assegurar a boa circulação das pessoas, atendendo aos interesses da sociedade, inclusive do comércio, da indústria e do ensino. Tal lógica explica, por exemplo, as distinções nos horários de funcionamento de academias, instituições religiosas, escolas e o comércio varejista.

Esse mesmo aspecto está presente na carta aberta à sociedade referente às medidas de combate à pandemia, divulgada no domingo (21) por economistas, banqueiros e empresários brasileiros. O documento registra que as ações de distanciamento social têm impactos sociais e setoriais distintos, de modo que “a melhor combinação é aquela que maximize os benefícios em termos de redução da transmissão do vírus e minimize seus efeitos econômicos, e depende das características da geografia e da economia de cada região ou cidade”.

Nesta segunda-feira (29), está prevista para ocorrer uma reunião com lideranças do Polo Têxtil em Caruaru com o intuito de debater a situação. Como parlamentar e presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico e Turismo da Assembleia Legislativa de Pernambuco, estamos acompanhando e participando do diálogo, promovendo a interlocução entre o setor produtivo e o Comitê Gestor da Covid-19,sempre ressaltando a importância da conscientização quanto ao uso de máscara, higiene das mãos e distanciamento social como prevenção ao contágio. Com união, estratégia e ações realizáveis, vamos construir juntos um futuro com esperança e integração social.