PREFEITURA DE CARUARU

PREFEITURA DE CARUARU

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

sexta-feira, 2 de julho de 2021

COLUNA OPINIÃO DE MULHER COM A ENFERMEIRA E PROFESSORA UNIVERSITÁRIA NAYARA SOUSA

 


QUEM SÃO OS ENFERMEIROS?

 

O final de junho foi marcado por uma paralização nacional dos enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem, que pressionam o Senado para colocar em pauta para a votação o PL 2564, que estabelece a regulamentação do piso salarial nacional, assim como a carga horária de trabalho.

Mas, será que a sociedade conhece de fato quem são esses profissionais? Hoje gostaria de destacar o perfil do enfermeiro na atualidade.

Nos últimos anos os enfermeiros tem conquistado o seu espaço no mercado de trabalho como profissionais liberais. A profissão cresceu em um contexto histórico de subserviência, onde em diversas situações a sua atuação perante o entendimento da sociedade estava ligada intimamente como um complemento/auxílio a outras profissões, como por exemplo na medicina.

Esse entendimento errôneo tem sido modificado com o passar do tempo. Os novos enfermeiros que tem ingressado no mercado já tem contemplado desde a graduação disciplinas que os instrumentalizam a terem autonomia. A Resolução do Conselho Federal de Enfermagem - Cofen nº 568/2018 reforçou esse novo perfil, quando trás a regulamentação de consultórios e clínicas de enfermagem.

Cada vez mais tem se tornado comum essa atuação pois os próprios enfermeiros têm buscado atuar de forma empreendedora, principalmente por ofertarem um serviço especializado que atendem a demanda da população. Os serviços são nas mais variadas áreas pois há mais de 60 especialidades cadastradas no COFEN como aptas para serem desempenhadas pela enfermagem. Algumas áreas de atendimento como: Estética, consultoria, saúde da mulher, marketing digital, terapias complementares e tratamento de feridas tem de forma impressionante crescido no Brasil, com diversos consultórios e clínicas atuando.

A sociedade nem sempre sabe o que o enfermeiro faz. A figura daquele profissional de branco pelo hospital sem autonomia, esperando as ordens médicas, ficou para trás há anos luz! O enfermeiro é o profissional da ciência do cuidado, respaldado em Lei para realizar consultas, prescrição de medicamento e solicitação de exames, sempre que for preciso para ter sua prática orientada e isso ultrapassa os muros do Sistema Único de Saúde.

O que podemos dizer é que cada profissão tem as suas peculiaridades e essencialidade. Todas as categorias da saúde são necessárias e se completam. Nunca haverá sob essa ótica uma hierarquia de relevância, pois cada uma responde por suas responsabilidades e competências. E nesse novo mercado de trabalho, os enfermeiros passaram a compreender melhor quem são e o quanto que podem quebrar esses paradigmas que os acorrentaram por tanto tempo! É de fato um novo tempo para a enfermagem, uma nova roupagem, e sinceramente... quem não conseguir acompanhar essa visão promissora, irá ficar para trás.

Essa foi a minha Opinião de Mulher de hoje. Me acompanhe através do Instagram: @nayara_gsousa.