AUTO VIP

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

RC TECIDOS

RC TECIDOS

GBest SPORT

domingo, 13 de outubro de 2019

PROFESSORA DE BELO JARDIM FOI ASSASSINADA PELO NAMORADO EM CARUARU E O ASSASSINO JÁ ESTÁ PRESO




No final da tarde deste sábado (12) um cadáver de uma mulher foi encontrado em um terreno baldio na Avenida Gênova no bairro Universitário em Caruaru, como não havia nenhum documento não teve como a vítima ser identificada, a equipe do IC – Instituto de Criminalística periciou o corpo, mas como só verificou uma lesão no pescoço da vítima não confirmou a causa da morte e na manhã deste domingo (13) familiares da professora Jodeilma Maria dos Santos, de 47 anos, compareceram no IML e reconheceram que o corpo era o dela que estava desaparecida desde a manhã desta sexta-feira (11). O IML confirmou que a vítima foi assassinada por esganadura.

A delegada da Força Tarefa de Homicídios do fim de semana, Dra. Érika Feitosa, disse que logo cedo recebeu um telefonema da delegacia de Belo Jardim, pois o namorado da vítima, Irandir Amaro de Lima, de 41 anos, foi a delegacia para dizer que não tinha nada a ver com a morte da namorada e depois acabou confessando que a matou, ele foi trazido para Caruaru, mas como ele confessou espontaneamente não pôde ser autuado em flagrante, no entanto a delegada foi pessoalmente ao fórum e solicitou a prisão do assassino e o seu pedido foi aceito com o a expedição do Mandado de Prisão Temporária do acusado, prisão que tem prazo de validade de 30 dias que poderá ser prorrogado por mais 30 dias ou convertida em Prisão Preventiva.

Apesar da mulher ter sido morta pelo namorado a delegada afirmou que o caso está sendo tratado como homicídio qualificado e não como feminicídio e o elemento já foi recolhido á Penitenciária Juiz Plácido de Souza. A vítima recebeu uma quantia de 3 mil reais de indenização trabalhista e veio a Caruaru com o namorado para fazer compras, ao ser questionado sobre o dinheiro o assassino alegou que deixou a bolsa da vítima ao lado do corpo e que teriam saído para jantar na Avenida Portugal e depois ao passarem pela Avenida Gênova começaram a discutir, ela correu para esse terreno e ele foi atrás, houve luta corporal e ele a matou e foi embora pra casa.