AUTO VIP

AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

RC TECIDOS

RC TECIDOS

GBest SPORT

segunda-feira, 4 de novembro de 2019

DOIS ASSALTANTES DE BANCOS FORAM PRESOS PELA POLÍCIA FEDERAL EM CARUARU

Edmilson.
Anderson.

 


Agentes da Polícia Federal lotados na Delegacia da Polícia Federal de Caruaru, procederam a prisão em flagrante na noite deste domingo (03), de Anderson Struziatto dos Santos, de 31 anos, natural e residente em São Paulo/SP e Edmilson Mendes da Silva, de 42 anos, natural de Serra Talhada-PE e residente em São Paulo/SP. As prisões aconteceram em virtude de investigação de rotina na área de inteligência policial, a qual dava conta de que um suspeito que tinha contra si um mandado de prisão preventiva expedido pela Vara Criminal de Caçapava/SP estaria na Feira da Sulanca em Caruaru, acompanhado de um segundo comparsa.

De posse dessas informações foi montada uma equipe de policiais federais que se dirigiram até o local indicado onde estariam os suspeitos com vistas a identificar e realizar a prisão, caso houvesse a confirmação de alguma ilicitude. A ação teve seu desfecho, quando os federais ao procederem a abordagem de três suspeitos, dois deles se identificaram com documentos falsos (RG e CNH), razão pela qual foram presos em flagrante e levados até a Delegacia da Polícia Federal em Caruaru para os procedimentos de polícia judiciária, o terceiro foi ouvido em inquérito policial e liberado em virtude de não ter sido comprovada sua participação ou envolvimento em crimes.

Terminado os trabalhos ostensivos e tendo sido constatado a existência de crime, os suspeitos receberam voz de prisão em flagrante, foram informados dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida, conduzidos para a Delegacia de Polícia Federal em Caruaru, onde acabaram sendo autuados em flagrante pelo crime contido no artigo 304 do Código Penal  (Uso de Documento Falso) e caso sejam condenados poderão pegar penas que variam de 2 a 6 anos de reclusão, além de multa Após a autuação, os presos realizaram Exame de Corpo de Delito no IML - Instituto de Medicina Legal de Caruaru, foram encaminhados para a audiência de custódia, ficando a disposição da Justiça Federal Foram apreendidos cerca de R$ 270 mil reais (ainda a ser confirmado), U$ 120 dólares, 11 (onze) celulares, 01 (um) tablet, R$ 16.500 reais e 01 (uma) máquina fotográfica.

Em seu interrogatório, o Anderson Struziatto que trabalha comprando e vendendo carros disse que chegou em Caruaru no dia 31/10/2019 para comprar um sítio e passar férias. Por fim disse que estava usando documentos falsos para se esconder da polícia paulista por estar sendo vítima de injustiça e que o dinheiro é fruto de vendas de carros e com esse dinheiro iria comprar um sítio em Caruaru. Já o Edmilson disse que veio de São Paulo na companhia do comparsa para conhecer o comércio local e comprar algumas mercadorias e que ambos tinham pretensão de montar um comércio de roupas em Caruaru e que iriam voltar para São Paulo/SP nos próximos dias.

O delegado chefe da Delegacia da Polícia Federal em Caruaru, Dr. Márcio Tenório, informou que está sendo averiguado o envolvimento do Anderson, em diversas modalidades de assaltos e crimes, e com relação a participação efetiva dele no episódio do aeroporto de Viracopos em Campinas-SP é algo que ainda será confirmado, após alguns procedimentos de identificação pericial. Ele disse ainda que pelo grau de periculosidade dos dois criminosos após saírem da audiência de custódia foram levados a Superintendência da Polícia Federal no Recife e amanhã serão levados num jatinho da Polícia Federal para São Paulo, onde ficarão presos a disposição da Justiça Federal.