AUTO VIP

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ARTESÃO AZIVAN GALVÃO

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

ROTA PROTEÇÃO VEICULAR

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

POLICIAS DO CHOQUE DO 1° BIESP DEBELARAM MAIS UM PONTO DE DROGAS EM CARUARU




Na tarde desta quarta feira (26), policiais do choque do 1° BIEsp, estavam em rondas no bairro Santa Rosa na comunidade da Portelinha, quando o efetivo visualizou dois elementos em atitude suspeita e quando a viatura se aproximou os dois indivíduos empreenderam fuga e se embrenharam no matagal.

Devido essa situação o efetivo da GE-4203 iniciou um patrulhamento a pé por dentro da comunidade e por trás, onde existe um matagal os PMs adentraram no mato e depois de uma varredura na área, foi visualizado debaixo de uma árvore dentro da mata fechada cerca de seis indivíduos.

Os PMs perceberam que um dos elementos estaria cortando droga e embalando no local, neste momento o efetivo foi se aproximando com cautela e um dos indivíduos visualizou o efetivo fardado e gritou "olha a polícia" e todos começaram a correr e se embrenharam no matagal mais embaixo.

 Pelo rádio os polícias pediram apoio e várias viaturas chegaram no local, o NIA também foi dar apoio e com o drone, foi possível localizar um indivíduo, José Mauro Torres, de 51 anos de idade que estava saindo correndo do matagal, cheio de arranhões nas pernas, sem a camisa e descalço.

Os PMs reconheceram esse elemento como sendo um dos indivíduos que estavam cortando drogas quando o efetivo chegou. Dando continuidade a ocorrência, no local inicial da abordagem foram encontradas 148 pedras de crack, uma pedra de crack fragmentada, uma pedra de crack pesando aproximadamente 10 gramas, 17 big bigs de maconha, 80 gramas de maconha prensada, duas lâminas para cortar a droga, saquinhos plásticos para embalar o entorpecente, papel alumínio e uma balança de precisão.

O elemento foi levado para UPA para ser atendido, pós se feriu correndo da polícia e depois do atendimento foi encaminhado para Delegacia de Plantão para serem tomadas as devidas medidas cabíveis.